Encontrando Forças para Viver

Texto: II Coríntios 4.1 a 18

É bom lembrar que quando o facilitador da edificação na célula vai iniciar não deve mencionar coisas do tipo: “ o sermão deste domingo”….. “ o pastor pregou” ……..    Por que?  Frases assim podem excluir da discussão os que não foram ao culto ou trazer sentimento de inadequação para os visitantes que ainda não participam das celebrações dos cultos.

A 1ª pergunta tem como objetivo deixar todos falarem. Portanto lance as perguntas e deixe as pessoas iniciarem suas participações.  Sua responsabilidade é manter o assunto e cuidar do tempo.

Objetivo desta semana: Entender que apesar das lutas, das tribulações e das circunstâncias desanimadoras da vida, o Senhor está presente em todas elas, e é superior a todas elas, conduzindo-nos em Cristo, para a glória da vida eterna.

Vamos lá então…. Você tem 40 minutos!!!

  • Leiam 2 Coríntios 4.1 a 18 e identifiquem de onde vem a força do apóstolo para enfrentar as suas lutas?  A 1ª está em 4.1 (resposta: Misericórdia de Deus); a 2ª está nos versículos 6 (resposta: Conhecimento da glória de Deus em Jesus); a 3ª no verso 7 (resposta: Palavra de Deus – “tesouro”). E a 4ª está em 4.17-18; 5.1 (resposta: Na esperança da vida eterna).
  • Pelo fato de guardarmos o poderoso Evangelho dentro dos nossos corações (v.7), somos capacitados a passar por inúmeras situações e sermos fortalecidos pelo Senhor. Leia o verso 8 e compartilhe o que esse jogo de palavras descritas significam para você. Após o compartilhar leiam 1 Coríntios 10.13.
  • A fé cristã isenta o cristão de passar por momentos de tribulação e tristeza? Compartilhe algo que você enfrentou ou está enfrentando, mesmo estando firme no Senhor.

Orem uns pelos outros para se apoiarem nesta jornada diária de comunhão com o Pai na Palavra