Soli Deo Gloria – Glória Somente a Deus

22 de outubro de 2017

 

João 17.1-26 / Jeremias 9.23-24 / 1 Coríntios 10.31

 

É bom lembrar que quando o facilitador da edificação na célula vai iniciar não deve mencionar coisas do tipo: “o sermão deste domingo”, “ o pastor pregou”. Por que? Frases assim podem excluir da discussão os que não foram ao culto ou trazer sentimento de inadequação para os visitantes que ainda não participam das celebrações dos cultos.

A 1ª pergunta tem como objetivo deixar todos falarem. Portanto lance as perguntas e deixe as pessoas iniciarem suas participações. Sua responsabilidade é manter o assunto e cuidar do tempo.

 

Objetivo desta semana: Reconhecer que Deus é glorioso e tem o governo de tudo em suas mãos. Renunciar toda soberba e buscar conhecer o Senhor Deus, único e verdadeiro, através da Palavra de Deus e da vida de oração.

Vamos lá então…

Você tem 40 minutos!!!

 

Observação: Leiam Jeremias 9.23 e João 17.4. Compartilhem sobre as diferentes atitudes encontradas nos dois textos bíblicos e que exemplos atuais podemos dar a partir delas?

Interpretação: Em sua opinião, o que é a glória de Deus? Qual glória Jesus pede ao Pai que lhe seja restaurada? (Leia somente depois que o grupo compartilhar – Jo. 17.5). Hoje, os cristãos estão cumprimento o viver para a glória de Deus, de modo que o mundo sinta o impacto? (João 17.18, 23; 1 Coríntios 10.31).

Prática: Em que aspectos, hoje, você reconhece que a glória de Deus está se manifestando em sua vida? – (Aspectos de quem Deus é e no aspecto do agir de Deus – seus feitos) – Compartilhem. Você tem buscado conhecer o Senhor Deus? Como? (Jeremias 9.24)

Não se esqueça do 4º E (Evangelismo). Encerre orando pelos amigos e pelo Oikos. Lembre-se que a razão de existirem é porque “Deus os amou primeiro” (1 Jo.4.19) e que deseja mostrar seu amor através da vida da célula – testemunho (1 João 4.14).